Imagine Niall Horan para Duda

| | |
- Voce é muito chata!




"Vamos duda!! Primeiro dia de aula na escola nova, garota! Vai se atrasar"
Ouvi os berros da minha mãe, e comecei a me debater feito louca na cama, quando me acalmei, meu coração estava a mil, e minhas pernas doíam. Bufei e me levantei indo para o banheiro, escovei os dentes e tomei um banho rápido, saindo de lá, vesti uma skinny e uma camiseta larga, minha bolsa transversal e meu livro "Divergente", não poderia esquece-lo. Desci as escadas e peguei uma maçã e dando um beijo na minha mãe, sai de casa em direção a aquele novo lugar, quando seus pais te mudam de escola no último ano, ou eles estão doidos ou tem um motivo específico, no meio caso, os meus são doidos mesmo.
Fui andando até aquele lugar lendo, essa triologia é viciante! Tobias é o tipo de instrutor que todas queriam, bem eu seria bem mais rápida que essa Tris.
Quase cai no chão de bunda quando um garoto caiu aos meu pés, ele me olhou ajeitando seus óculos e em seguida eu me vi segurando seus ombros e o ajudando a se levantar.
- Hey, você está bem? Se machucou? - perguntei e o garoto me encarava espantado, tá essa escola esta começando a me assustar.
- sim, estou, o-obrigada. - ele disse e saiu de perto de mim enquanto eu percebi que risadas debochadas se intensificavam ao meu redor, olhei, e pessoas me encaravam ainda rindo, mas meu olhar focou em um grupo de garotos que faltavam rolar pelo chão de tanto rir, ah essa escola é aquele tipo, aonde os nerd são julgados, mas comigo não tem vez esse tipo de coisa, tirei minha mochila das costas e guardei meu livro, e em seguida a arrumei no meu ombro novamente e comecei a pisar com raiva em direção a eles, quando parei de frente a um deles eu o empurrei com força, o fazendo ir para trás e todos pararem de rir, ele me encarou dos pés a cabeça e eu empurrei meus óculos para o lugar ele veio na minha direção.

- quem você pensa que é? - ele praticamente rosnou para mim. Ri um pouco.
- a pergunta é, quem você pensa que é para tratar aquele garoto daquela forma, ainda por cima quase me derrubando? - Falei mais alto do que deveria, foi a vez dele rir, e em seguida ele puxou meu braço e começou a me rodar como se procurasse alguma coisa, me soltei dele com um grito. - QUE MERDA VOCÊ PENSA QUE ESTA FAZENDO?
- Apenas procurando seu crachá de protetora dos animais.
Aquilo fez meu corpo fervilhar em raiva e quando dei por mim estava o empurrando novamente mas dessa vez consegui derruba-lo.
- Você é um idiota! - Gritei e o olhei pela ultima vez e caminhei para dentro da escola
Duda 1 x 0 Garoto bosta.
Lá dentro, encontrei aquele garoto cujo havia quase me derrubado, ele se sentou do meu lado no intervalo, todos me encaravam ali dentro, causei logo no meu primeiro dia, legal, o nome dele era Jorge, ele era legal e gostávamos praticamente das mesmas coisas, acho que seremos amigos, ele me explicou com quem eu havia mexido, era com o grupinho dos populares ridículos. O Grupo do Horan.
- então aquele garoto que eu empurrei, o nome dele é Niall? - perguntei para Jorge que comia sua maça e assentiu.
- Sim, e você cutucou a onça com vara curta, porque AI MERDA ELE TA VINDO PARA CÁ! - ele começou a arrumar as coisas dele - depois a gente se esbarra, Duda!
E ele saiu. Acho que tenho que rever se seremos amigos mesmo.
Em seguida notei alguem se sentar ao lugar dele, suas pernas se bateram com a minha de uma maneira grosseira debaixo da mesa, encarei seu rosto, era ele, tinha um rosto debochado, como se fizesse graça de tudo e todos, mas com certeza tinha algo ali como tristeza também, que ele forçava a não mostrar, eu tenho certeza! Loiro, mas o que me chamou atenção foram seus olhos, eram azuis penetrantes, divino, daria um bom caldo se não fosse tão estupido.
Ele ficou me encarando por muito tempo, sem dizer nada, ate que ele pegou a minha maça e deu uma mordida.
- O que você quer agora? - Perguntei ignorando minha raiva momentanea.
- Saber sobre você, antes de acabar com você.
- Como você quer fazer, se nem meter medo em alguem sabe?
Ele me encarou novamente.
- Você é bem chata, Duda. - ele disse rolando os olhos e foi minha vez de rir. 
- você é bem intrometido, Niall. 
 - como sabe meu nome? - ele perguntou confuso. 
- você é bem burrinho né? Olha, é meu primeiro dia aqui e eu já estou vendo que você irá me infernizar pelo resto do ano, mas saiba que não queria causar nada a essa sua reputação bosta, então me deixe em paz.
Ele sorriu e se levantou, acompanhei seu olhar e ele se aproximou de mim, ficando a centímetros do meu rosto, mordendo mais um pedaço da minha maça, ele se aproximou mais ainda, caso eu respirasse tenho certeza que a gente se tocaria, então achei justo prender a respiração, não foi por causa dos olhos dele, só para deixar claro.
- Bem, Duda. Eu não vou te deixar em paz.
E ele riu e segurou meu queixo, abrindo a droga da minha boca, e colocando o lado da maça não mordida nela, e saiu de perto de mim rindo. Tirei a droga da maça da minha boca e joguei na mesa, esse garoto vai fazer da minha vida um inferno!!
Quando disse que ele iria fazer da minha vida um inferno, eu não estava brincando, duas semanas, trés semanas, 2 meses seguintes, Niall não me deixava em paz, cheguei ate levar duas advertências por causa dele, ja tive 2 dos meus livros de matemática riscados com palavras chulas, tenho certeza que foi ele e aquele grupinho nojento.
Estava sentada em um dos bancos do ginásio quando alguem entra correndo, olho por cima e vejo Jorge vindo na minha direção ofegante, eu disse que realmente nós nos tornamos amigos? pois é.
- Hey o que foi banana? - Perguntei enquanto ele apoiava as mãos nos joelhos buscando folego.
- A tia da biblioteca, a senhora Fernandez, esta te procurando urgentemente.
O olhei confusa e olhei o meu relógio.
- Mas faltam apenas 10 minutos para a aula começar! - disse.
- Ela disse que ja conversou com seu professor e que você esta liberada.
- Mas se o grupinho do Horan me encontrar no corredor? Vamos comigo!! - quase implorei.
- Duda meu amorzinho, eu não vou perder minha aula, e outra, se você os encontrar, o Horan não vai deixar que nada te aconteça, so ele pode te zoar.
Fechei a cara e peguei minha mochila e mostrando lingua para aquele imbecil sai de perto dele, caminhando ate a biblioteca. Serio agora que aquele pateta do Jorge falou eu percebi, o grupo do Horan raramente me enchia a paciência, e quando faziam, o Niall tratava de manda-los parar, nunca entendi o porque mas com certeza é porque ele quer foder com minha vida.
Entrei na biblioteca e a senhora Fernandez pediu para que eu cuidasse da biblioteca enquanto ela estivesse fora por algumas horas, como não traseria problemas para mim, aceitei, nisso ela aproveitando da minha boa vontade, pediu para que eu arrumasse uma estante de livros e em seguida me deixou la sozinha.
Arrumando aqueles livros, achei vários que eu pegaria emprestado com certeza, do nada a porta bateu me fazendo saltar para tras e quase largar um dos livros no chão, olhei pelo espacinho entre alguns e vi cabelos loiros brilharem com a luz do sol que entrava pela janela, e em seguida vi a movimentação como se andasse para frente e para trás, tirei mais um dos livros e vi Niall ali parado, puxando a cadeira para se sentar.
- Aquela Duda é uma idiota, só pode ser, ela não podia ter aparecido na minha vida agora, não mesmo! - Ele disse e eu gelei completamente, sera que sou eu? ou tem outra Duda na escola?
- Preciso parar de pensar naquela garota, mas, merda Horan, você esta sendo um estupido, é só uma garota! - ele estava quase gritando, pensando nela? ele ta ficando louco? ou Niall esta gostando de alguem e.... Não, isso não pode ser, claro que não sou eu, quase soltei uma risada não antes dele ouvir e se levantar.
- Quem ta ai?
Suspirei fundo e larguei os livros e comecei a caminhar ate lá, quando ele me viu deu dois passos para tras e eu vi a raiva se formar novamente em seus rosto.
- Que merda voce faz aqui? - ele estava quase rosnando, credo.
- Eu que te pergunto, a biblioteca não esta aberta, Niall. - ele riu nervoso.
- Você alem de chata é curiosa? - o olhei confusa.
- Olha aqui garoto....
- Olha aqui você garota, sai daqui! - dessa vez ele gritou.
- SAI DAQUI VOCÊ, EU ESTOU TRABALHANDO!
- NÃO GRITA COMIGO!
- ATA COMO SE VOCÊ PUDESSE GRITAR COMIGO
- EU TE ODEIO
- EU TE ODEIO MUITO MAIS HORAN! SAI DAQUI.
Aha venci! só que não! quando pensei que aquele idiota estava indo embora, ele veio na minha direção e me empurrou em uma das estantes puxando minhas pernas, o que me acabou fazendo entrelaçar entre sua cintura, me suspendendo, seu rosto estava a centímetros do meu novamente igual aquela vez no refeitório, sem perceber estava com minhas unhas cravadas em seu ombro por cima da jaqueta de couro.
- Mas que merda voce quer! Me põe no chão agora, Niall!
- Como voce pode me levar ao céu e ao inferno ao mesmo tempo? - ele passou a mão pelo meu cabelo, e eu me afastei e consegui descer do seu colo, mas ele segurou meu braço me empurrando para estante novamente, me prendendo entre seu corpo e aquele negocio de madeira. - eu ainda não terminei!
- Mas eu sim, agora me larga!
- Eu te odeio sabia, mas porque merdas voce teve quer vir para cá?
- Ata, eu iria saber da sua existência ne? - rolei os olhos, ele ficou me encarando com aquela raiva momentanea na cara, por um momento achei que ele iria me soltar quando suas mãos se desprenderam dos meus braços mas em seguida, uma coisa pior veio, ele estava me beijando! Minhas pernas viraram bambus, eu nao sabia o que fazer, mas em menos de dois segundos eu resolvi, puxei seus cabelos para trás e ele me encarou confuso e sem ar, e em seguida eu estava o beijando, sim, eu estava ficando louca, mas ele beijava bem, ele apertou minha cintura com a sua enquanto me beijava, sua língua era suave quando se encontrava com a minha, me separei dele, e ele deitou sua cabeça em meu pescoço, sua respiração estava descomum, senti ele sorrir, e eu gargalhei, ele me acompanhou em seguida, ele beijou meu rosto e me olhou.
- Isso foi louco, mas eu amei beijar você.
- Voces irao adorar mais quando estiverem na porta da diretoria. - Olhamos para a porta e vimos a senhora Fernandez nos encarando com uma cara nada boa, nos soltamos, e ficamos lado a lado, ela fez um sinal com a mão para nos acompanharmos ela, e foi o que aconteceu, quando saimos, Niall se encostou mais do meu lado e pegou na minha mão discretamente, eu o encarei e ele sussurrou um ''chata'' que quase me fez gargalhar. Chegamos na porta da diretoria e a senhora Fernandez entrou e em seguida mandou a gente entrar, ficamos sentados e olhamos para ela.
- A pergunta é...
- FOI ELE (A) - Eu e Niall dissemos ao mesmo tempo, apontando um para o outro, e se olhamos e rimos.
- Não quero saber quem foi, esperem só um pouco, irei procurar a diretora, fiquem aqui! - ela apontou o dedo na nossa e cara e saiu da sala.
- Hey, vem aqui. - Niall puxou minha mão e nos levantamos e fomos ate a janela que não era muito alta.
- O que vamos fazer?
- Meio obvio né, fugir? Vai coloca o pé aqui, chata. - Ele esticou as mãos e me deu impulso, e obvio eu fui, pulei a janela e cai na grama, e em seguida ouvi ele passar e cair por cima de mim, rindo, ele me calou com outro beijo.
- gostei de fazer isso. - ele disse e eu ri.
- eu percebi, deve ser meu batom. - ele riu dessa vez.
- Vamos chata, logo logo eles estarão atrás da gente, vem.
Ele se levantou e pegou na minha mão, me dando outro beijo, ele mordeu meu rosto e me fez pular em suas costas, sendo mais facil pra correr, isso foi a maior loura que eu ja fiz na minha vida, sendo que eu ja estou esperando a reação de todo mundo, e nossa advertência amanha, e a minha surra de hoje.
--------------------------------------------------------------------------
Duda gatinha, desculpa a demora, enquanto aos outros, TIY tera seu capitulo semana que vem!! me desculpem a demora, bem capaz de voces nem estarem acompanhando mais a fic :( mas fiquem por favor!
E respondendo aos pedidos, eu farei, só não tenho data de entrega definida, fiquem espertos <3

9 comentários:

  1. - êê ela deu sinal de vida,hahaha*--*
    brincando ><
    xx : LiahSantos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkkkkkkkkkkkk dei uma sumida básica!

      Excluir
    2. kkkkkkk percebi Patricia *--*
      mais fico feliz por esta de volta,hey nao some mais ta ?
      xx: Liah

      Excluir
  2. Obg flor amei o imagine <3 vc escreve perfeitamente muiiiito fofo *----* xonei e esse imagine completamente me descreveu, sobre o modo de tratar os nerds sobre Divergente até a roupa e igual o meu estilo. JA DISSE QUE TE AMO?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaaai muito bom que você gostou, amor. Awn eu que te amo *-*

      Excluir
    2. Oi vc pode fazer um imagine só Zayn pr mim meu nome é julia reis mais me chamam de Ju

      Excluir
    3. Oi vc pode fazer um imagine só Zayn pr mim meu nome é julia reis mais me chamam de Ju

      Excluir
  3. Amei ta mto perfeito *0* sou leitora nova nesse blog e vejo q irei permnecer *0* Ashiley xx

    ResponderExcluir